Artigos

Como a web pode transformar sua empresa e proporcionar crescimento

Veja como a web pode impactar positiviamente todos os departamentos da sua empresa

Imagem artigos/corpo//capa

Introdução

A web que originalmente estava restrita ao acesso à internet por um computador hoje se encontra difundida em todos os setores da sociedade de formas variadas e com finalidades diversas.

Atualmente eletrônicos como celulares, tvs, veículos, assistentes virtuais, entre muitos outros, se tornaram potentes computadores e podem estar conectados por Bluetooth ou Wifi comunicando entre si, trocando informações e fazendo parte de processamentos imensos de dados. 

Toda essa transformação gera oportunidades e também desafios, visto que a concorrência atua hoje no mundo físico e digital para oferecer produtos melhores, mais avançados, com entrega mais rápida, diminuição de desperdícios e perdas, divulgação em massa, entre inúmeros outros benefícios que podem ser alcançados com recursos tecnológicos.

Vamos tentar mostrar algumas direções neste vasto campo da web para ajudá-lo a tomar decisões que podem mudar totalmente a realidade da sua empresa, mas antes é importante  entender alguns conceitos.

Imagem artigos/corpo/oqueeweb

Afinal, o que é a web?

A web é uma rede de computadores conectados. Mesmo que atualmente qualquer eletrônico pode ser um computador conectado, que é o que chamamos de IoT, do inglês internet of things (internet das coisas), para a internet funcionar existem alguns computadores com papéis específicos e que na maioria das vezes nem sabemos de sua existência, os quais são:

Provedores: São intermediadores que conectam dispositivos na internet. Os provedores podem oferecer conexões via cabo, satélite (no caso dos celulares), rádio ou fibra. Você acessa a internet com um tipo de ticket que possui um protocolo chamado IP (internet protocol). Cada computador conectado possui um IP e assim os computadores são identificados e conectados, entretanto, o IP usa linguagem de máquina e como a internet é para humanos há uma forma de acessar os computadores com um nome mais legível e aí vem outra peça importante.

Servidores de DNS: Do inglês domain name service, são computadores que traduzem IP em nomes de domínios (por exemplo: www.ecowebdesign.com.br é nosso nome de domínio). De forma geral, ao digitar um endereço em seu navegador, como google.com.br, seu pedido irá (por meio do seu provedor) para um dos milhares de computadores que oferecem uma lista de DNS e seu pedido será convertido em um IP. Estes computadores estão sempre atualizando suas listas de nomes e nós chamamos isso de propagação de DNS.

Servidores HTTP: Na web, a informação, páginas, dados, entre outros, estão neles. Estes computadores respondem a pedidos de navegadores ou outros aplicativos e são hoje uma das peças fundamentais para que haja comunicação de forma geral entre você e outros computadores também na internet. Isso pode funcionar diretamente ao acessar um website ou indiretamente ao usar um aplicativo que solicita de fundo as informações para um servidor.

Seu próprio computador ou celular: Seus dispositivos podem ter um papel importante e poderoso na internet, fazendo parte de redes de sistema de dados como blockchain ou ao compartilhar localização e mais informações que abastecem grandes bases como serviço de rotas de trânsito (caso do Waze, por exemplo, que sabe em tempo real informações de tráfego fornecidas por usuários).

Aplicações ou aplicativos: Também conhecidos como antigos programas, são softwares instalados em computadores, celulares ou usados diretamente no navegador e permitem interagir com a internet em diversos níveis nas mais variadas aplicações, como: bancos, mapas, redes sociais, tv online, troca de mensagens, entre muitos outros. É cada dia mais comum usar a internet sem ao menos perceber, pois a parte técnica está mascarada por trás de aplicações que são cada vez mais inteligentes, como um assistente virtual (a Alexa por exemplo da Amazon ou Siri da Apple) ou mesmo o celular que está sempre conectado e transferindo dados 24h sem você perceber.

Agora que alguns elementos importantes já foram mencionados, mesmo que de forma simplificada, vamos entender algumas formas práticas de utilizar a internet para beneficiar uma empresa, independente de seu porte.


Formas mais comuns de utilizar a internet em uma empresa

Para facilitar a visualização do setor impactado pela internet, farei a divisão de alguns recursos divididos por áreas, no caso, a divisão convencional da empresa em marketing, comercial, produção e financeiro.

Imagem artigos/corpo/equipedemarketing

A Web no marketing


A própria característica da internet por meio da web de disponibilizar conteúdos em texto, imagens, vídeos, mapas e outros formatos publicamente faz dela um veículo de comunicação que ganhou e ganha mais espaço diariamente entre os grandes meios como televisão e rádio.

A maior diferença entre a internet e os meios de comunicação convencionais é que a internet é interativa, quem vê o conteúdo interage com ele e isso permite o que chamamos de navegação e também coleta de informações para realizar estudos profundos sobre os visitantes.

A web e o marketing estão tão integrados hoje em dia que há um nome próprio para essa junção: marketing digital.

Entre os principais recursos do marketing digital, podemos citar:

Imagem artigos/corpo/socialmedia

Redes sociais

As redes sociais são sites e aplicativos focados na interatividade dos usuários entre si. Os visitantes publicam conteúdos e interagem com o conteúdo de outros ao mesmo tempo. A rede social em si controla e modera o tipo de conteúdo e sua exibição. Como as redes sociais são abastecidas por enormes quantidades de dados de cada um de seus usuários, ela é uma poderosa ferramenta para divulgar produtos e serviços com uma segmentação precisa. Veja abaixo exemplos de uso das redes sociais para sua empresa:

1. Criar perfis nas redes sociais mais famosas como: Facebook, Instagram, TitkTok, LinkedIn, entre outras mais nichadas;

2. Realizar publicações nas redes de acordo com os interesses de seu público e disponibilidade de recursos;

3. Acompanhar e interagir de forma rápida com sua audiência;

4. Adicionar créditos para ter exibição privilegiada;

5. Monitorar os resultados do investimento em tempo e créditos gastos na ferramenta para entender o retorno de investimento (ROI);

Imagem artigos/corpo/pesquisas

Pesquisas

A web abriu um cenário de pesquisas e expansão de conhecimento que a humanidade não conhecia antes da internet. Assim surgiu a gigante Google e iniciativas como a Wikipedia. Hoje as buscas vão muito além do navegador, estão presentes de forma muito inteligente nos aplicativos e assistentes como Alexa, a qual domina o mercado de buscas por fala. É cada dia mais comum conversar com o celular, veículo, tv e computadores de forma geral.

As pesquisas trazem uma enorme vantagem para a empresa, pois determinadas buscas podem ser exatamente o que a empresa faz, oferece ou vende. Ser ou não encontrado  determina vender mais ou menos. O marketing digital pode beneficiar uma empresa com a busca de diversas formas, como:

1. Ter conteúdo na web em forma de website, vídeos no Youtube, perfis sociais, endereço nos aplicativos de mapas aumentam a chance de seu conteúdo ser encontrado;

2. Produzir conteúdo de qualidade aumenta a chance dos mecanismos de buscas entenderem sua empresa e exibí-la melhor. Isso abrange o que chamamos de MPI (marketing de posicionamento na Internet);

3. SEO, do inglês, search engine optimization, são técnicas para otimizar a exibição de seu conteúdo em formato de site (páginas web) para ficarem melhor posicionadas no Google;

Imagem artigos/corpo/websites

Websites

Embora já citado anteriormente em algumas situações, o website é hoje um clássico na internet e oferece algumas peculiaridades importantes, por exemplo:

1. Com o website sua empresa pode ter um domínio, este domínio é um nome oficial registrado (nosso domínio é ecowebdesign.com.br) e pode ser utilizado para diversos fins, entre eles, habilitar e-mails corporativos para sua empresa;

2. Gerar links. Seu site pode ter dezenas, centenas ou até milhares de links. Os links podem ser compartilhados e acessados de qualquer lugar;

3. Links acessados de forma moderna como leitura de QR Code podem trazer acessos a seu website diretamente das câmeras dos celulares. O código pode ser impresso e estar no material das empresas;

4. O website permite interatividade por meio de formulários que podem ser utilizados para várias finalidades de preenchimento de perfis, agendamentos, envio de contato, currículos, entre muitos outros;

5. O website institucional pode ser utilizado como um veículo oficial para comunicação da empresa com o público e também com os clientes;

6. O website pode cumprir 5 papéis muito importantes como agente de comunicação, os quais são:

6.1. Branding: Divulgar e propagar a marca da empresa com os recursos da web;

6.2. E-commerce: Gerenciar catálogos, métodos de pagamentos para clientes, configurações de envio, entre outras funcionalidades relacionadas aos processos de vender pela internet;

6.3. Support: Oferecer suporte ao cliente de forma geral com FAC, SAC e disponibilidade de catálogos técnicos, documentações e demais recursos;

6.4 Prospecting: Realização de prospecção. Informar os visitantes de suas vantagens competitivas e oferecer mecanismos para eles entrarem em contato com com sua empresa de forma fácil e diretamente com o departamento comercial;

6.5 Publishing: Todos os grandes veículos de comunicação utilizam a web de forma poderosa para divulgar artigos e notícias. Esse recurso pode ser utilizado também por empresas institucionais e equipes de redação menores de forma geral;


Propagandas

As propagandas são formas de propagar sua loja, serviços, produtos e marcas de forma geral de forma controlada e segmentada. A extração detalhada de relatórios permite calcular com precisão o ROI na web. Entre os tipos de propagandas na web mais conhecidas, podemos citar como principal o PPC ou link patrocinado.

O link patrocinado (PPC) consiste na exibição de uma publicidade e sua impressão gerará custo somente se clicarem nela. Normalmente o anunciante (sua empresa) adiciona créditos no Google e sempre que seu website receber visitas por click nestes links o valor é debitado de seu saldo.

As propagandas podem usar recursos de texto, áudio, vídeo, animações entre outros formatos, tudo depende do canal de exibição, por exemplo: propagandas no Instagram são diferentes do Amazon Ads, Google Ads, Bing, assim por diante.

Podemos citar como vantagens diretas das propagandas:

1. A propaganda começa com efeito imediato após os anúncios veiculados e créditos inseridos;

2. É possível segmentar muito bem seu público, por exemplo, no Google você pode determinar com exatidão as buscas que mostrarão seu website ou para vídeos, em quais canais ou aplicativos serão exibidos;

3. Captar dados para sua empresa: Ao realizar uma campanha de publicidade na web é possível extrair dados valiosos de comportamento, visitas, vendas, entre outros que podem ser usados estrategicamente para os próximos passos da empresa;


Audiência e público

Podemos considerar que para uma empresa a audiência são todos que estão ao alcance para conhecer sua marca e o público são as pessoas que tem inclinação para fazer negócios com sua empresa.

A web, apesar de formada por computadores, é utilizada por pessoas que estão a todo momento acessando links em diferentes níveis e é possível identificar (em alguns casos com grande assertividade) o perfil das pessoas para segmentá-las pelo que elas querem ver ou consumir. Dessa forma, usar a web para falar com sua audiência e público pode ser um grande canal para conhecer novos clientes, parceiros comerciais e fornecedores. 

Sites especializados em perfis profissionais como o LinkedIn podem ser uma grande porta para sua empresa contratar novos colaboradores, enquanto que as redes sociais e sites de pesquisa são verdadeiras fontes com milhares e milhares de pessoas que podem ser impactadas por sua marca.

Imagem artigos/corpo/automacaodemarketing

Automação de marketing


De forma geral, a automação de marketing é a entrega automática de conteúdo para pessoas que conheceram em algum nível sua empresa. As formas mais comuns das pessoas começarem a receber o conteúdo de automação de marketing da sua empresa são:

1. Assinar a newsletter ou novidades em seu website;

2. Cadastrar-se para um evento online da sua empresa e aceitar receber novidades;

3. Comprar em seu e-commerce;

4. Enviar um contato e assinar que aceita receber mensagens;

É de extrema importância saber que é ilegal enviar mensagens para as pessoas em massa sem seu consentimento e possibilidade de cancelamento a qualquer momento, além de caracterizar problema de privacidade a gestão insegura dos dados ou comércio de dados. Seja uma empresa profissional e só envie conteúdos para quem deseja e certifique que os mecanismos de cancelamento dos mesmos são estáveis e fáceis de usar.

Uma vez que uma pessoa aceita receber seu conteúdo, há diversas formas de se comunicar com o visitante, mas antes disso (e mais importante) é importante se dedicar ao seu conteúdo para traçar uma estratégia que qualificará a pessoa para os produtos e serviços corretos. Veja dicas abaixo para ajudar você a preparar seu conteúdo:

1. Seja claro sobre quais produtos e serviços você quer vender. Tenha uma lista, preferencialmente classificada do mais para menos importante; 

2. Defina o que será informado para cada intenção de adquirir produtos;

3. Defina um caminho para conhecer seu público, veja um exemplo prático para uma loja de produtos para pet:

Nível 1: Qual o seu pet? Cachorro ou gato

Nível 2: Qual o tamanho do seu pet? Pequeno ou grande porte

Nível 3: Já conhece nosso delivery? Sim ou não

Ao final do nível 3 da jornada você pode encaminhar somente promoções direcionadas para o pet do cliente e convidá-lo a testar seu delivery

4. Após ter o conteúdo e caminhos, pensa-se nas tecnologias de captação, onde o mais comum é o formulário em uma landing page e quais canais serão utilizados. Os canais mais comuns são:

4.1. Disparos por e-mail, mail marketing, mala-direta;

4.2. Torpedos ou SMS;

4.3. Mensagens pelo Whatsapp;

4.4. Outros serviços de mensagens;

5. Também existe a opção de se comunicar com seu público por propagandas e assim reforçar o impacto da automação de marketing. Ferramentas como o Google Ads podem direcionar anúncios de acordo com as preferências do usuário. Essa atividade se chama campanha de remarketing; 

Imagem artigos/corpo/comercial

A web no comercial e vendas

A web pode ser utilizada em diversos níveis, desde uma ferramenta para enviar mensagens ao processo totalmente automatizado de compra, pagamento, separação e envio de produtos.

Imagem artigos/corpo/prospecting

Captação de leads

Os leads, como descrito acima, são as pessoas que fornecem seus dados de contato por meio do website. 

Os leads são ótimas prospecções para os vendedores, uma vez que já demonstraram interesse no que a empresa oferece. Vender para quem está interessado é muito melhor e mais fácil.

Além da venda mais amistosa, o lead também deixa seu histórico no website, o qual revela para o vendedor qual produto deseja e forma de contato desejada (normalmente uma pessoa que entra em contato por e-mail deseja também receber o contato no mesmo canal, por exemplo).

Fluxo de vendas

Ao sistematizar por meio de um software o controle de vendas a empresa consegue extrair relatórios detalhados de vendas por período, dados individuais de vendedores, produtos e mais. Esse controle é importante para a empresa e não precisa necessariamente da web, entretanto, a união do controle de leads com o fluxo de vendas aumenta a performance de campanhas, resultados do website e o impacto real na empresa. Para ter esse controle é preciso ter mapeado o fluxo de vendas, veja um exemplo:

1. Vamos supor que a cada 1.000 vezes que o site aparece no Google, recebe 100 cliques para acessar o site. Isso significa que o site tem CTR (impressão/clique) de 10%;

2. A cada 100 visitantes no website, 10 entram em contato com a empresa. Este site possui taxa de conversão de 10%;

3. A cada 10 contatos recebidos, os vendedores retornam o contato e vendem para uma média de 5;

4. Cada comprador gasta em média R$500,00, ou seja, esse é o ticket médio das vendas pela web;

Nesta régua sabemos que é necessário aparecer no Google 1.000 vezes para vender R$500,00, ou seja, a empresa fatura R$0,50 a cada impressão no Google ou precisa aparecer no Google 200 vezes para cada venda. Essa é a melhor forma de ver o impacto da web nas vendas, por meio do controle de fluxo de vendas.

Imagem artigos/corpo/ecommerce

Vendas automatizadas (E-commerce)

O e-commerce, popularmente conhecido como loja virtual, é um tipo de website ou aplicativo que permite realizar todo o processo de compra de forma online. Como a loja virtual também realiza o controle online dos pedidos é muito prático gerar relatórios de vendas.

Há diversas formas de trabalhar com e-commerce e diversos níveis, vamos separar aqui algumas situações que podem ser mais consonantes com o seu tipo de negócio:

1. Utilizar marketplaces: Normalmente é a forma mais simples e com investimento inicial mais baixo. A loja cria um perfil em um site de vendas como o Mercado Livre e cadastra seus produtos. 

2. Utilizar uma plataforma compartilhada: Essa proposta também conta com investimento inicial baixo e é comum que seja uma opção de entrada para conhecer o mundo do e-commerce. Empresas que oferecem uma plataforma no formato Sass (software as a service) cobram um custo mensal para você criar sua loja, cadastrar produtos e controlar as vendas. Desde que a plataforma atenda as necessidades da empresa esta opção pode ter um ótimo custo benefício.

3. Integração com marketplaces: Neste formato a empresa não precisa necessariamente ter uma loja virtual, pois utilizará seu cadastro e controle de produtos para integração com marketplaces como Mercado Livre, Amazon, Magazine Luiza, entre outros. A venda será realizada com o site integrado e seu catálogo de produtos e estoque atualizado via API de integração. O custo desse investimento pode ser considerável uma vez que precisa de adequações no sistema atual e manutenção da integração.

4. Criação de uma loja virtual: Apesar de ser o formato mais difundido, o investimento para seu funcionamento real é médio ou alto. A criação de loja virtual envolve a aquisição de todo um processo de desenvolvimento e manutenção que pode ser realizado dentro da empresa ou por meio de um fornecedor de serviços. Criar uma loja virtual pode ser mais difícil e desafiador do que abrir uma loja física, entretanto, também pode ser mais rentável.

5. Dropshipping e multicanais: Falando de forma mais genérica, o dropshipping consiste na centralização do processo de venda, exclusivamente, onde os fornecedores enviam os produtos diretamente para os compradores, livrando assim a empresa de custos operacionais de estoque, logística e armazenamento, pode ser uma alternativa para aumentar o catálogo de produtos sem necessariamente aumentar despesas. Trabalhar multicanais é em síntese utilizar mais de uma solução. É importante que o empreendedor conheça e entenda várias frentes para entender qual é a melhor para sua empresa e para isso nada é melhor do que o teste, ou seja, criar perfis em marketplaces, ter a loja própria, integrar sistemas e explorar ao máximo a publicidade online para extrair todas as vantagens de cada situação para sua empresa.


CRM

Diferente dos itens anteriores, onde a web é utilizada para criar páginas que de alguma forma irão coletar dados ou realizar vendas, o CRM está associado ao controle e não à links públicos.

Do inglês Customer Relationship Management que em tradução literal CRM significa gestão de relacionamento com consumidores. Usar um CRM adiciona inteligência e controle aos processos comerciais.

Apesar das peculiaridades entre diferentes aplicações de CRM, é comum encontrar o cadastro de todos os clientes, histórico de interatividades e segmentação de contatos (normalmente do nível do cliente e o que quer comprar).

O uso de um CRM pode revolucionar uma empresa, uma vez que os vendedores podem trabalhar de forma colaborativa, entendendo melhor o perfil do cliente e trabalhar de forma consonante com atividades de marketing, promoções, entre outras. Há situações em que o próprio CRM avisa o vendedor para entrar em contato com as pessoas pois estão no momento de compra.

Para utilizar um CRM é necessário pensar em alguns itens, onde os principais são:

1. Manutenção da base de clientes: Como os clientes são inseridos e atualizados. Se o CRM é abastecido manualmente, integrado ao sistema, por tabelas. A alimentação correta do CRM é o que fará dele uma base inteligente ou não para agregar no comercial.

2. Treinamento: É muito importante (assim como em qualquer software) que os vendedores estejam aptos para utilizar a ferramenta em seu cotidiano. Se o CRM for difícil, trabalhoso de operar ou complexo sua implantação é inviável, entretanto, uma equipe treinada sempre pode solucionar os problemas de forma mais rápida e aproveitar mais os recursos da ferramenta.

Imagem artigos/corpo/production

A web na produção

O papel do software não só se tornou fundamental dentro das empresas como também a integração do mesmo com outros sistemas (como notificações e aplicativos para celulares de forma geral), fazendo dessas ferramentas grandes diferenciais competitivos no controle e planejamento de otimização de recursos.

Controle de produção


O controle de produção é realizado por aplicações que permitem controlar, entre outros itens: estoque; matéria prima; suprimentos; registros de funcionários; tempo gasto nas etapas; andamento dos processos, entre outros.

Quando bem estruturado, o controle pode notificar o departamento de compras sobre necessidades de mais matéria-prima, receber pedidos com demandas de produção das vendas e avisar a expedição de itens que estão prontos para envio.

Em um cenário cada vez mais competitivo, ter um controle refinado é um dever das empresas para se estabelecerem no mercado e oferecerem respostas mais precisas para seus clientes.

Imagem artigos/corpo/projectmanager

Gerenciamento de projetos

Não restrito somente à produção em nível industrial, o controle também é fundamental na gestão de atividades e projetos. Os aplicativos de gerenciamento de projeto são uma grande arma para controlar atividades, checklists e eventos. Aplicativos colaborativos permitem aos envolvidos atuar em tempo real nas atividades verificando andamento, facilitando e otimizando a gestão do processo como um todo.

Aplicação de mensagens

Mesmo que o conceito seja simples e aplicações como o Whatsapp são parte de nosso cotidiano, saber utilizar de forma otimizada recursos de mensagens, grupos, armazenamento de arquivos, entre outros são fundamentais para ganhar tempo e otimizar a  comunicação na empresa, veja alguns exemplos simples:

1. O Whatsapp Business é uma ferramenta gratuita do Whatsapp e permite utilizar mais recursos (com foco corporativo);

2. Classificar os contatos com os departamentos da empresa podem ajudar a organizar de forma virtual como a empresa se divide e encontrar responsáveis;

3. Criar grupos oficiais de comunicação podem acelerar consideravelmente como a informação é difundida na empresa;

4. Recursos de chamada em grupo podem resolver problemas de forma veloz ao permitir criação de reuniões rápidas entre várias pessoas;

5. Utilizar o Whatsapp web é uma ótima alternativa para quem trabalha com computadores e notebooks;

6. Não se limite ao Whatsapp, teste também outros aplicativos para verificar se as funcionalidades agregam para sua empresa;

Tratando do Whatsapp, especificamente, é importante frisar que a empresa precisa orientar e treinar a equipe para utilizar o Whatsapp da forma como deseja no dia a dia. É comum que empresas que não permitam utilizar o celular (salvo situações muito específicas) estejam estrategicamente mais atrasadas que as demais, visto que o celular é o principal meio de conectividade com a internet e a forma mais rápida também da empresa se comunicar com um colaborador.

Imagem artigos/corpo/financeiro

A web no setor financeiro

O impacto da web no setor financeiro não é diferente dos demais, a ponto de otimizar totalmente os processos e integrá-los com os demais da empresa, seja para gerar cobranças, controlar pagamentos, enviar notificações, entre outros.

Recebimento de pagamentos

A forma como as empresas recebem os pagamentos mudaram muito com os anos (principalmente nos últimos com o PIX) e é possível melhorar muito este processo de forma geral, veja exemplos:

1. Substituir formatos clássicos que normalmente geram muito custo (como boletos)  por PIX pode impactar significamente na receita da empresa;

2. Permitir recebimentos por links ou QRCode facilitam a vida das pessoas ao tornar mais acessível e rápido o processo de recebimento;

3. As maquininhas estão na web, você não precisa de uma maquininha física, necessariamente. É possível gerar links de pagamentos via cartão com serviços como o Google Pay, PagSeguro, Mercado Pago, entre outros;

4. A integração entre sistemas para gerir pagamentos de forma otimizada pode salvar várias horas de trabalho repetitivo e permitir que sua equipe foque no que é mais importante;

5. As notificações, trabalhando em conjunto com os pagamentos, facilita o envio de nota fiscal, comprovante e recibos, aumentando a confiança da sua empresa;

O pagamento é uma operação fundamental para a empresa e torná-la fácil e, preferencialmente, quase imperceptível (como assinaturas no cartão de crédito) diminuem os processos burocráticos da empresa. Todo o serviço de pagamentos, mesmo que usando aplicativos, é realizado pela web.


Controle financeiro

É possível utilizar softwares atualmente de todos os tamanhos para controlar desde entradas e saídas simples à gestão complexas de recebíveis, despesas, ROI (retorno do investimento) e muito mais. Quando tratamos especificamente a web e o controle financeiro, há alguns pontos que são interessantes:

1. A principal característica da web é a conectividade, então ter um ERP conectado a uma loja virtual, controle de compras e recebíveis pode ajudar a centralizar as operações financeiras para facilitar o controle e entender o que está acontecendo na empresa;

2. Como a web é essencialmente colaborativa, usar tabelas compartilhadas (como o Google Docs [atual Planilhas do Workspace]) ajudam a difundir uma informação para ser trabalhado entre várias pessoas;

3. A web está no celular e notificações de pagamentos via calendário ou com gatilhos nos sistemas podem ajudar a tomar decisões rápidas. Por exemplo: O diretor financeiro pode receber notificações via SMS sempre que metas são alcançadas;

Relatórios e otimização de gastos


Ao ter um controle organizado você está criando uma base de dados que pode ser estudada, visualizada e comparada para encontrar oportunidades de otimização dos gastos da empresa.

Ao criar uma ponte entre valores de investimento, entradas e custos operacionais por meio de um gráfico é possível avaliar se determinada atividade é lucrativa ou não para a empresa. 

A web também proporciona recursos modernos de análises de dados como machine learning (aprendizado de máquina) e business intelligence (BI - inteligência de negócios) que podem detectar padrões e pontuar oportunidades automatizadas de redução de custos.

Por fim, a web com sua natureza de compartilhamento facilita a visualização em tempo real de atividades financeiras em formatos gráficos, fornecendo relatórios que (anteriormente eram criados manualmente) ao vivo para melhor análise e compreensão do negócio.

Imagem artigos/corpo/Site como geração de novos clientes

Conclusão


A web está em todo lugar conectando as atividades realizadas em computadores, celulares e dispositivos eletrônicos de forma geral. 

É uma realidade na vida das pessoas e nas empresas. Como dono de um negócio, diretor ou gestor, é fundamental conhecer seus impactos e oportunidades para ter mais vantagens competitivas. 

Pense na web no marketing, comercial, produção e financeiro para organizar suas aplicações nas diferentes áreas e, principalmente, foque em entender a conectividade que a web proporciona para se destacar nesse mundo totalmente integrado e sem paredes. Com a web seu negócio pode ir mais longe.

Você também pode gostar de ler

Imagem principal do artigo Site para corretor imobiliário - Seu catálogo de imóveis on-line

Site para corretor imobiliário - Seu catálogo de imóveis on-line

Criação de site profissional em apenas 5 dias para corretores cadastrarem todos os imóveis. Eco Webdesign - Interago Plataforma de Experiência Digital.

Em 30/06/2022 às 17h50 - Atualizado em 30/06/2022 às 17h54

Imagem principal do artigo "Eu pesquiso no Google e não acho o anúncio da minha empresa no Google Ads"

"Eu pesquiso no Google e não acho o anúncio da minha empresa no Google Ads"

Nestes mais de 10 anos prestando assessoria em Google Ads escutamos isso inúmeras vezes.

Em 28/06/2022 às 15h25

Imagem principal do artigo Como fazer o planejamento de um site - passo a passo

Como fazer o planejamento de um site - passo a passo

Registrar o domínio correto, organizar o conteúdo para gerar uma fácil navegação. Veja nossas dicas para criar um site profissiona que impacta os visitantes e gera resultados

Em 24/06/2022 às 09h25 - Atualizado em 24/06/2022 às 09h31

Imagem principal do artigo Soluções digitais que aumentam a receita de uma empresa

Soluções digitais que aumentam a receita de uma empresa

Veja exemplos que, segundo estudos da BCG Consulting, podem impactar a receita da sua empresa

Em 03/06/2022 às 15h47 - Atualizado em 03/06/2022 às 15h55

Imagem principal do artigo Guia Completo para Criação de Site em São José do Rio Preto

Guia Completo para Criação de Site em São José do Rio Preto

A Eco Webdesign é especializada em Criação de Site em Rio Preto. Guia desenvolvimento de sites para gerar novas oportunidades comerciais pela internet.

Em 03/05/2022 às 10h22 - Atualizado em 31/05/2022 às 07h11

Imagem principal do artigo Como o webdesign profissional pode ajudar sua empresa a crescer

Como o webdesign profissional pode ajudar sua empresa a crescer

Veja 10 vantagens! O webdesign refere-se à criação de websites. Os sites podem ser uma poderosa forma de divulgação e controle de processos.

Em 28/03/2022 às 11h14 - Atualizado em 29/03/2022 às 10h55

Imagem principal do artigo Oportunidades web para empresas com sites institucionais

Oportunidades web para empresas com sites institucionais

O website institucional pode ser um grande aliado nas estratégias de crescimento da sua empresa

Em 25/03/2022 às 16h39 - Atualizado em 26/03/2022 às 09h06

imagem do e-book como a web pode transformar seu negócio

Como a web pode transformar sua empresa

Neste E-book com uma linguagem simples e voltada para o empreendedor você conhecerá muitas oportunidades e novos caminhos onde a web pode apresentar significantes melhorias em sua empresa

Baixar o E-book Ícone flecha botões Eco Webdesign